17 de jun de 2011

Questão 237:

Pode-se ponderar - darwinianamente - que existe uma forte tendência masculina para a infidelidade conjugal? Supondo uma base genética para esta diferença sexual, não poderíamos sustentar a inevitabilidade da traição masculina, uma vez que é o comportamento “natural”?

Nenhum comentário:

Postar um comentário